Câncer da pele

A cirurgia é o principal tratamento para o câncer da pele, garantindo altas taxas de cura quando o diagnóstico é feito precocemente.

A técnica cirúrgica realizada depende do tamanho, do tipo e da localização do tumor.

Para a maioria dos tumores é realizada a retirada do tumor com uma margem de pele normal ao redor. Algumas vezes pode ser necessária a realização de enxertos ou retalhos para facilitar o fechamento e ajudar na cicatrização.

A maior parte das cirurgias pode ser feita no consultório ou Hospital Dia, sob anestesia local e com rápida recuperação.

Alguns tipos de câncer da pele devem ser removidos por um tipo especial de cirurgia, chamada Cirurgia de Mohs.

 

Cirurgia Micrográfica de Mohs

A cirurgia de Mohs é um tratamento altamente especializado e preciso para o câncer da pele em que o tumor é removido em etapas.

A técnica cirúrgica permite que 100% das margens tumorais sejam avaliadas garantindo assim a retirada de todo o tumor com o mínimo de remoção de pele normal. A avaliação histopatológica do tumor é feita durante o ato cirúrgico. Após a obtenção da margem livre, é realizada a reconstrução da ferida operatória.

É uma técnica indicada para o tratamento de cânceres da pele que são mais agressivos e têm altas taxas de recidiva alta, como por exemplo, os tumores de face.

Cirurgia de Mohs
Cirurgia de Mohs

Cirurgias mais realizadas em consultório