Blog

Problemas frequentes na pele de adolescentes

Alterações comuns na pele dos adolescentes

Acne: a acne pode ocorrer na face e/ou no tronco. De acordo com a gravidade das manifestações clínicas, pode ser leve, moderada ou grave. Cravos, espinhas e cistos podem ser tratados com medicamentos tópicos, sistêmicos, lasers, terapia fotodinâmica e limpeza de pele regular.
Pelos encravados e foliculite: a inflamação e infecção dos pelos encravados é muito comum nas áreas de depilação, como a virilha, nas meninas, e a barba, nos meninos. Podem ser tratadas com ácidos, antibióticos e substâncias calmantes. Os lasers de depilação costumam eliminar o problema com melhores resultados.

Estrias: podem ocorrer estrias na adolescência devido ao “estirão” do crescimento próprio dessa fase. Geralmente as estrias ocorrem nas costas e nos braços nos meninos, e nos seios, coxas e flancos nas meninas. As estrias tendem a ser mais precoces no sexo feminino. Procure tratamento para as estrias assim que elas aparecerem, pois as estrias recentes (róseas e finas) são as que respondem melhor, sendo os tratamentos indolores e de menor custo. Estrias antigas (brancas ou albas) são mais difíceis de tratar e os tratamentos são mais caros. Técnicas como microdermoabrasão seriada, microagulhamento, luz pulsada e lasers fracionados são as mais recomendadas.

Manchas: é comum na adolescência o aparecimento de manchas na pele. Elas podem ser simples sardas (efélides) até melasma ou outras patologias. Procure o dermatologista para tratar qualquer tipo de mancha na pele. Os tratamentos indicados podem ser tópicos, lasers, fontes de luz, peelings ou outros.

Celulite: pode aparecer nas adolescentes e o tratamento precoce é importante para prevenir seu agravamento.