Pioneirismo em tratamentos cosméticos
Procedimentos Voltar

REMOÇÃO DE TATUAGENS 

 

 

A realização de tatuagens é uma prática antiga, utilizada para expressar idéias, sentimentos ou simplesmente para adorno corporal. Nos dias atuais, muitas pessoas fazem tatuagens para decorar a pele, sendo relativamente freqüente o arrependimento, especialmente quando caracterizam relacionamentos que acabaram ou mesmo algo que a pessoa não goste. 

 

A tatuagem consiste na aplicação de pigmento na pele, mais especificamente na derme. As tatuagens podem ser profissionais, amadoras ou traumáticas (introdução acidental de pigmentos). De caráter definitivo, sua remoção era considerada um desafio na prática médica. Até pouco tempo atrás, procedimentos como dermoabrasão, laser ablativos (CO2 e Argônio) e até cirurgia eram utilizados para remoção de tatuagens. Esses métodos eram baseados na abrasão ou destruição superficial da pele, podendo ocorrer restos de pigmentos (remoção incompleta), cicatrizes e manchas. Modernos lasers substituíram estas técnicas, revolucionando o tratamento das tatuagens. Ao invés de promover a remoção da pele, essa técnica permite que seja destruído seletivamente os pigmentos, afetando pouco a pele. 

 

A remoção de uma tatuagem não é um processo tão simples. O resultado final depende de diversos fatores como o tempo da tatuagem, as cores do pigmento, do tipo de tatuagem (profissional, amadora ou traumática), o plano onde se encontra o pigmento e da resposta de cada indivíduo. Tatuagens amadoras e traumáticas, por exemplo, respondem melhor ao tratamento já que apresentam pigmento menos denso e geralmente mais são mais superficiais que as profissionais. Porém algumas tatuagens feitas por amadores tem pigmentos em muitos níveis, o que dificulta a sua remoção.

 

Quanto mais colorida for a tatuagem, também mais difícil é a sua remoção, isso porque cada comprimento de onda do laser será absorvido por determinado pigmento. Por isso, algumas vezes é preciso utilizar mais de um tipo de equipamento para se conseguir remover todos os pigmentos. O pigmento preto é o que melhor responde ao tratamento com lasers. Atualmente a tecnologia Q-Switched é a mais utilizada na remoção de tatuagens. Esses lasers produzem pulsos (tempo do disparo do laser) mais curtos, o que é benéfico para o tratamento de alvos pequenos. 

 

O número de sessões é bastante variável. Apesar de ser um procedimento seguro, quando realizado por profissionais capacitados, existe o risco de complicações. Com o uso de novas tecnologias e aperfeiçoamento das técnicas, é possível a remoção completa da tatuagem com menor risco de complicações. Porém, é importante destacar que as tatuagens são muito variadas assim como a resposta individual de cada paciente. Em alguns casos, o tratamento pode ser longo e complexo. 

 

Se você tem alguma dúvida sobre REMOÇÃO DE TATUAGENS, consulte um dermatologista.